Blog Bugginho Academy

Como escolher um bom servidor de hospedagem para sua aplicação?

No Brasil e em todo o mundo temos muitas opções de data centers oferecendo os mais variados “produtos” por um preço cada vez mais convidativo. No meio de tantas opções sempre surge uma dúvida: “Qual a melhor hospedagem para a minha aplicação?“.

O intuito desse texto não é explicar detalhadamente todos os pontos cruciais de um servidor, mas sim elencar os pontos mais importantes que você deve se preocupar na hora de contratar um plano de hospedagem.

Orçamento do cliente

O primeiro ponto a ser analisado é o orçamento do seu cliente. Mesmo que ele necessite de um servidor dedicado, se ele não tiver esse dinheiro disponível em seu orçamento, ele não vai investir nisso, logo, é melhor ter noção do orçamento destinado ao projeto antes mesmo de digitar sequer uma linha de código.

Conheça bem todas as suas ferramentas

Isso pode parecer meio óbvio, mas muitas pessoas ainda pecam nesse aspecto. É crucial que você conheça bem as linguagens de programação, frameworks, bancos de dados, etc… utilizados no projeto, para poder definir qual sistema operacional, qual servidor HTTP, qual configuração de hardware, etc… utilizar em seu projeto.

Exemplo:

  • Aplicações C#/.Net terão uma integração melhor com servidores Windows;
  • Se você precisar de um banco de dados MS SQL Server, você também precisará de um servidor Windows (Apesar de já terem projetos do SQL Server para Linux);
  • Apesar de funcionar no Windows, o PHP tem um melhor desempenho no Linux e alguns de seus recursos só funcionam corretamente no Linux.

Você precisará de acesso ROOT?

Em alguns casos você não precisa ter acesso ROOT ao servidor, alguns servidores já trazem um conjunto de softwares devidamente configurados que suprem a necessidade de boa parte dos projetos, mas em alguns casos você precisará instalar um software que não há no servidor, você precisa mudar uma configuração de algum outro software, você precisa mudar algumas configuração do próprio servidor, então tenha sempre em mente o que você precisará mexer no servidor.

Conheça bem todas as funcionalidades de seu sistema

Seu sistema fará disparo de E-mails ou SMS em massa? Seu sistema fará upload de arquivos pesados em grande quantidade? Seu sistema fará processamento de arquivos pesados no servidor? Todas essas informações são importantes para que você possa definir qual Hardware será necessário para suportar a aplicação.

Tenha uma noção do número de usuários que utilizarão a sua aplicação e a localização geográfica deles

Isso pode parecer bobagem, mas é algo crucial para o bom desempenho de sua aplicação e até mesmo para evitar gastos desnecessários.

Exemplo: Imagine que você criou um Software CRM para uma empresa que só tem 3 funcionários e que mesmo sendo otimista, a empresa não passará de 20 funcionários utilizando o sistema pelo menos pelos próximos 5 anos. Imagine também que esse sistema fará disparo de cerca de 10 mil e-mails por mês e que mesmo sendo otimista não passará de 200 mil e-mails por mês. Numa situação dessa o seu custo de processamento no servidor será relativamente baixo se compararmos com uma aplicação (hipotética), que precisa ler um banco de dados com 800 mil usuários, gerar um PDF para cada um deles e depois disparar um e-mail com esse PDF anexado para cada um desses usuários. Você já parou para pensar como o servidor do ENEM sofre nos últimos dias de inscrição ou no dia da divulgação das notas? São muitos usuários acessando ao mesmo tempo.

Qual a legislação aplicada em cima desse projeto

Sim, em alguns casos você é obrigado por lei a utilizar um determinado tipo de serviço. Um exemplo é que alguns projetos do governo são obrigados por lei a serem hospedados em data centers situados no Brasil. Toda essa polêmica surgiu depois do Caso Snowden que revelou um esquema de espionagem dos EUA.

É claro que você não precisa se preocupar só com isso, mas esses são os principais pontos a serem analisados antes de escolher cogitar orçar os valores em um Datacenter.

Uma vez que você já tem noção de qual Sistema Operacional, Softwares e Configuração de Hardware você precisará para rodar o seu sistema, você precisará definir qual empresa prestará esse serviço para você. Listo abaixo alguns dos servidores mais populares do mercado:

Brasil

Fora do Brasil

Importante: Tome muito cuidado antes de contratar qualquer um desses serviços. Não vou expor minhas opiniões pessoas sobre qual a melhor ou pior empresa, mas um conselho que dou é:

Sempre procure em Fóruns, Comunidades no Facebook e no site do Reclame Aqui ocorrências relatadas por profissionais da área para saber a reputação da empresa que você quer contratar

Um outra dica importantíssima é: “Servidores fora do Brasil são muito mais baratos, porem tem um ping muito maior”, isso quer dizer que o tempo para que sua requisição chegue até ele e o tempo para que sua resposta seja retornada até você é muito maior, logo, sistemas hospedados fora do Brasil tendem a ser mais lentos para usuários brasileiros.

Empresas como a Amazon e a Microsoft apesar de serem americanas, tem data centers no Brasil, porem são bem mais caros 🙁

Se você contratar um servidor como o AWS, Azure, Digital Ocean ou Linode, tenha em mente que o servidor vai ser entregue para você apenas com o Linux ou Windows instalado. Você terá que fazer todas as instalações e configurações dos softwares na unha, por SSH. Se você não sabe como fazer isso, cogite a contratação de um profissional ou escolha um servidor que já tenha os softwares que você precisa devidamente instalados e que tenha uma interface simples para configurações.

É isso, por hoje é só, pessoal!!!

Danilo Inácio

Comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.