Blog Bugginho Academy

Meus 2 centavos sobre a regulamentação das profissões de TI

E ai amiguinhos, tudo blz? Esse tema é bastante polêmico e de tempo em tempo ele volta a tona como sendo a solução para todos os problemas enfrentados pelos profissionais de TI no Brasil, mas será que realmente isso é verdade?

O texto abaixo foi inicialmente postado em minha página do Facebook e gerou bastante debate bem legal, estou re-postando ele para que mais e mais pessoas possam ter acesso.

Respeito todas as opiniões em relação a essa tema delicado, e sinceramente não sou de ficar discutindo quanto a isso, mas deixo claro que eu sempre fui contra a regulamentação.

Esse vídeo fala algumas coisas que eu já venho falando há anos, porem gostaria de complementa-lo com algumas outras coisas.

Warning: Esse texto demonstra a minha opinião, não sou o dono da verdade, então ao invés de me xingar, apresente seu ponto de vista e podemos bater um papo bacana aqui. Se acha o texto grande e não quer ler. Blz, não tem problemas, porem se quiser comentar, se dê o trabalho ao menos de ler, ok? 😉

Bem a primeira sugestão que eu dou é: Tomem muito cuidado com a ideia que vocês tem da regulamentação.

1º. Regulamentar o setor (ou algumas profissões do setor) não garante melhores salários e nem melhores condições de trabalho. Mesmo que crie-se um piso nacional, existem diversas formas de burla-lo. Quem é da área de Engenharia sabe bem disso.

Conheço algumas pessoas e já ouvi relatos de várias outras, que são formadas em engenharia, mas que atuam como técnico porque as empresas contratam um engenheiro “para assinar” e contrataram vários técnicos para realizarem as atividades de técnico e de engenheiros, acumulando funções e recebendo menos. Ai, o cara para não ficar parado acaba aceitando trabalhar como Técnico.

Sim Bugginho, mas isso é errado, não é?

Sim, se o cara por na justiça ele ganha, mas a questão é. Você sabe que você vai ser demitido não é? Você prefere ganhar R$ 3000,00 / mês, como técnico ou ficar 10 anos brigando na justiça com seu diploma apenas enfeitando sua parede?

Ok, mas só se submete a isso quem quer. Bons profissionais não precisam passar por isso.

Sim, concordo, e esse é um dos motivos pelo qual acho que não há necessidade de regulamentação.

2º Se apenas pessoas graduadas puderem exercer determinadas funções e além disso se você tiver sua atividade regulamentadinha dizendo por exemplo que você não pode configurar servidor na amazon, gerenciar o banco de dados, etc.. porque você é analista de sistemas e não DBA ou Sysadmin, acredite, seu emprego pode estar em risco

Mas por que Bugginho?

Bem, hoje cerca de 70% do empregos formais do Brasil são gerados por micro e pequenas empresas. Fora isso, sabemos que existe sim uma diferença absurda entre o preço de produtos e serviços nas mais diversas cidades brasileiras.

Ai eu lhe pergunto: Quantos aqui trabalham, estagiam ou já trabalharam/estagiaram em pequenas agências de publicidade, software house, startups, etc…? Certamente muitos de vocês (talvez a maioria) ganhava um salário abaixo da média nacional (Principalmente se você não está no sul ou sudeste do país). A primeira coisa que vem na cabeça é: “Meu patrão é um avarento FDP que poderia me pagar mais e não paga porque não quer”. Huuuum, será que isso mesmo?

Muitas empresas tem um custo operacional extremamente alto, se comparado com a receita gerada pelos seus produtos e serviços. Existem sim os empresários FDP, mas não é sempre esse o caso. Em cidades pequenas, é muito comum que produtos e serviços de TI sejam comercializados com um preço muito abaixo da média nacional, com isso a empresa tem que se adequar à sua realidade financeira reduzindo seu custo da forma que dá.

Uma dica. Na hora do almoço, saia para almoçar com o pessoal do financeiro e bata um papo com eles para saber como anda as finanças da empresa onde você trabalha 😉

Muitas empresas acabam contratando um programador, que acaba atuando também como DBA, Sysadmin, etc…

Ai pensamos: “Meu Deus, isso é um absurdo”, bem… depende. As vezes o cara trabalha com softwares tão pequenos e com ambientes tão simples que é super tranquilo gerir o DB e o Server. Acredito que uma empresa como a americanas.com, por exemplo, não colocaria um front-end para gerir o banco de dados não é mesmo?

Agora imagine que uma pequena empresa, com o custo operacional extremamente apertado, tenha que contratar mais 2 profissionais, pagar plano de saúde, alimentação, encargos, comprar computadores, mesas, cadeiras, etc… ela vai conseguir se manter? Lembre-se que o que você “custa” para a empresa, não é só o seu salário, é muito mais do que isso.

As pessoas quando pensam em trabalhar como programador, geralmente pensam na IBM, Microsoft, Apple, Bradesco, Itaú, etc… Mas a realidade do Brasil é que a maioria dos programadores trabalham em pequenas empresas com menos de 20 funcionários (Isso se contarmos todas as áreas da empresa)

Ou seja, quantas empresas você acham que vão fechar as portas, se precisar aumentar tanto assim o seu custo operacional?

3º Não é novidade para ninguém que (em sua maioria) estágio em TI paga super mal. Na verdade isso não é exclusividade da TI, tenho alguns amigos estudantes de direito que ganham R$ 500,00 por mês estagiando.

Ai eu lhe pergunto. Dá para pagar faculdade estagiando com TI? Dá para comprar uma mochila nova, um celular novo, um computador novo estagiando com TI?

Se você só puder trabalhar como Analista de sistema por exemplo, tendo curso superior, certamente muita gente não vai conseguir manter o curso, fora isso, milhares (isso mesmo, milhares) de profissionais autodidatas ficarão impossibilitados de trabalhar, o que vai gerar ainda mais desemprego.

Ah Bugginho, mas eu estou farto de só conseguir vaga de emprego ruim, porque esses autodidatas estão prostituindo o mercado.

Ué, não entendi. Não era você mesmo que estava há alguns dias me chamando de “Esquerdista”? Você não estava defendendo o livre mercado? dizendo que o estado tinha que parar de intervir em tudo?

Vamos imaginar a seguinte situação.

Você quer comprar um processador novo, dai você visita 2 lojas. Na primeira o processador custa R$ 1000,00 e na segunda o mesmo processador custa R$ 890,00. Em qual você vai comprar?

Indo pelo pressuposto que todas as condições de pagamento, garantia, confiabilidade da loja, etc… sejam iguais, você vai optar pelo mais barato. É assim que o mercado funciona, porem quando lhe atinge é ruim, né?

Eu conheço alguns profissionais autodidatas que ganham mais de R$ 8000,00 reais por mês como programador Freelancers. E conheço profissionais graduados que não arrumam emprego simplesmente porque não sabem programar. Isso é uma regra? Claro que não, tem muito cara autodidata que não vale o que o gato enterra e tem muito profissional graduado que são excelente no que fazem.

Como eu disse em outro post. Um site é um software, um sistema operacional é um software, um ERP é um software, etc… Ou seja, existem diversos tipos de softwares e mesmo soando estranho, você não precisa saber TDD, DDD, OO, etc… para ser um bom programador. Você só precisa construir bons softwares, fáceis de manter, bem documentados, e ser um programador que consiga suprir todos os requisitos do projeto de forma ágil. Se sua empresa trabalha unica e exclusivamente com C, você não precisará usar OO para nada.

Existem situações que você usar OO é pura perda de tempo, porem existem outra que se você não usar, estará ferrado.

Uma empresa que se prese, nunca colocará um micreiro para realizar o trabalho de um engenheiro de software, se a vaga oferece pouco, é porque a empresa ou não tem condições financeiras, ou não é um bom lugar para trabalhar em nenhum sentido.

4º O preço das mensalidades dos cursos de TI em todas as faculdade certamente subirão a níveis astronômicos (Um exemplo disso é a carteira de habilitação que a pessoa poderia muito bem aprender legislação e até mesmo aprender a dirigir sozinho e só fazer a prova, mas eles preferem manter alto escolas para ganhar ainda mais grana). Só não vê quem não quer. Essa regulamentação favorecerá muitos empresários e é isso que está motivando essa movimentação toda.

5º Quantas Startups deixarão de nascer, porque os empreendedores não terão condições financeiras de contratar formalmente uma boa equipe de TI?

Eu sinceramente não consigo ver vantagens em regulamentar, o que eu consigo ver é um jogo de interesse por parte de alguns empresário e EGO por parte de alguns profissionais.

Convido você a deixar seus comentário ai em baixo e convido também para assistir esse vídeo do canal Dio Linux que também fala desse tema

 

Mais um pouco

Nesse mesmo post o amiguinho Gevásio Motta, em uma discussão com outro amiguinho, fez um comentário que achei super legal e que valeria a pena publicar aqui.

Mauricio, me responda uma coisa. Sua casa e a de todos os seus amigos e parentes foram projetadas por engenheiros? Toda vez que você e seus conhecidos tomam um remédio é com prescrição médica ou muitos tomam por contra própria porque já viu outra pessoa passar pelo mesmo problema?

Um engenheiro não se forma apenas para projetar uma casa, mas essa é uma de suas funções, porem outras pessoas desempenham esse papel otimamente sem nunca ter pisado numa faculdade. E você confia no trabalho deles.

A pessoa que compara medicina com computação ou é idiota ou se faz de idiota

Acredito que você seja graduado em algum curso de TI. Deixa eu lhe fazer uma pergunta.

Uma empresa precisa de um programador para desenvolver um software embarcado para uma máquina mapeamento oceânico por meio de frequências de som. Esse software deve identificar por localização geográfica onde tem fossas marinhas, vulcões submersos, recifes de corais e emitir relatórios para os operadores. Você dá conta de desenvolver esse software com o conhecimento adquirido na faculdade?

Claro que não, porque a maioria dos cursos superiores de TI só pincelam o básico, como Algorítimo, Estrutura de dados, Orientação a objetos, Bancos de dados, Redes, etc… Ou você vai me dizer que em 60, 80 ou 120 horas, você vai ficar foda em alguma coisa?

Acorda para vida meu filho

Muitas faculdade para cumprir a carga horária do MEC enchem a grade com coisas que não são tão importantes para o curso como Estatísticas, Gestão de pessoas, Humanidades, Economia, etc…

Eu mesmo peguei algumas dessas disciplinas e os professores só ensinaram o óbvio, coisas que eu aprenderia tranquilamente em um blog ou um vídeo.

Deixe sua hipocrisia de lado e me responda uma pergunta com sinceridade:

Vou dar o mesmo exemplo que dei em outro post

Você tem uma empresa que desenvolve softwares para a área médica, você tem diversos software ultra modernos, porem tem um software legado, que ainda é bastante usado, que foi escrito no Turbo Pascal. Você precisa corrigi alguns problemas do software, porem perdeu há alguns meses o único programador que sabia trabalhar com essa tecnologia. Já fez entrevista com vários programadores pós graduados, porem nenhum domina nem tem disposição de aprender a trabalhar com essa tecnologia. Você não pode simplesmente abandonar o projeto, porque vários clientes seus ainda usam e dependem dessa ferramenta. Você já ofereceu salário de R$ 12.000 e mesmo assim não consegue um profissional para essa vaga. Um belo dia um médico de sua equipe chega para você e fala: “Olhe, como você sabe eu sou formado em medicina, tenho especialização nisso, residencial naquilo, etc… Porem sempre fui curioso de TI e já desenvolvi vários softwares com Turbo Pascal para meus amigos e familiares. Eu trabalho com esse software legado há muitos anos e sei como corrigi todos os problemas que ele tem, inclusive foi eu mesmo que identifiquei esses problemas e inclusive já ajudei muito o antigo programador. Você quer que eu atualize ele?”

O que você faria, levando em consideração que você não tem tempo para você mesmo estudar Pascal e corrigir os problemas?

Deixaria seu sistema gerar milhões em prejuízo para seus clientes ou deixaria um curioso de youtube atualizar?

Meu sobrinho de 14 anos começou a estudar HTML e CSS pela internet e pegou um livro de PHP emprestado aqui comigo. Hoje com apenas 6 meses de estudo, ele já desenvolveu um CMS simples e um sistema de controle de estoque para o salão de beleza da mãe dele. Os sistemas são simples e não são orientados a objetos, porem eu revisei e tá todo ok, inclusive em relação a segurança (A pesar de rodar só no computador da mãe dele) ele continua estudando e com certeza será um excelente programado.

E só para encerrar, deixa eu lhe contar um segredo. No Brasil já existe graduação e pós graduação EAD, ou seja, você vai continuar estudando pela internet por vídeos e apostilas. A única diferença é que você vai se stressar com professor que só responde depois de uma semana, com provas mal elaboradas e com mensalidades caras.

 

Vamos nessa, amiguinhos!!!

Bugginho Developer

Comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.